Alguns apontamentos sobre escolhas, planejamento e ciclos novos – Para pensar um plano pessoal

“Há outros caminhos. Mas a armadilha dele é fazê-lo crer que é o único (…). Um caminho sem coração nunca é agradável. Tem de trabalhar muito até para segui-lo. Por outro lado, um caminho com coração é fácil; não o faz trabalhar para gostar dele”
Dom Juan – Carlos Castañeda

O processo de estabelecer metas, escolher trajetos e firmar um plano de realização pode ser conduzido por diversos caminhos. A ideia deste texto é então juntar alguns apontamentos, sem o intuito de estabelecer propriamente um roteiro para tal, mas ainda assim fornecendo recursos para quem desejar e para quem fizer sentido pensar e estruturar um plano pessoal, seja para 2020 ou não, já que o fechamento do ano não necessariamente coincide com a conclusão e abertura de novos ciclos para todas e todos. No entanto, ainda assim, nos fornece um simbólico importante quando nos rememora a natureza cíclica da vida, em que tudo começa, desdobra-se e também termina.

Em finais de ano é comum a demanda e também desejo de transformações para o ano seguinte, e a este respeito é interessante muitas vezes que nos questionarmos para quem fazemos os nossos planos… Eles são para agradar alguém? Eles estão coerentes e autênticos para si? Só há um? Pontuo isto, pois não raro, estamos fazendo planos que não contemplam verdadeiramente nossos desejos, estamos criando metas para nos tornar outras pessoas, para dar conta das expectativas do mundo e dos padrões que as vezes nos são colocados e aos quais tomamos para nós… e que muitas vezes pouco tem a ver com o que profundamente desejamos, nos distanciando do processo de nos transformarmos cada vez mais genuinamente em nós mesmos.

Para pensar um plano pessoal é importante checarmos nossos desejos e motivações. É interessante questionar-se acerca do que nos alimenta, e do que e em que queremos investir nosso tempo e vida. Tudo isso sem perder de vista qual o horizonte de possibilidades que está para nós. É viável? É exequível? É realista? É de fato importante sonhar e tencionar nossos limites, mas de que modo se pode fazê-lo sem romantizar e idealizar a realidade? Sem distanciar-se dela?

Assim, sem perder de vista o processo reflexivo fundamental e que pode ser muitíssimo proveitoso antes de estabelecer e delinear um plano, deixo aqui algumas dicas e pontos, que podem favorecer e auxiliar de algum modo na estruturação de seus planos, no desejo de que esses dois aspectos possam se aliar ao invés de se excluírem um ao outro.

1. Definir o que alvo se deseja atingir – tendo em vista objetivos de curto, médio e longo prazo

2. Identificar seus recursos, limitações e possibilidades

3. Perceber quais os pontos fracos e dificuldades para realizar os objetivos definidos

4. Adotar e criar estratégias que podem auxiliar a lidar com as limitações

5. Estabelecer etapas e prazos para atingir esses objetivos

6. Avaliar seu planejamento e porquê não refletir sobre ele

7. Fazer revisões e ajustes sempre que necessário

8. Observar o plano¹

¹ É realista? Depois de inicia-lo percebe algo que não percebia ao início? Como está o processo de continuidade deste plano? Surgem impasses? Há surpresas positivas?

Deste modo, o intuito deste texto foi trazer brevemente alguns pontos rápidos importantes no processo de planejar metas e gestar sonhos pra si, acentuando para tanto a necessidade de reflexão e por que não do sentir, mas também lançando mão de instruções razoavelmente práticas, podendo auxiliar a tirar seus planos exclusivamente das ideias, e quem sabe do papel à realidade.

Escrito por

Mestre em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Psicóloga formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Membro do Laboratório de Estudos em Tanatologia e Humanização das Práticas de Saúde (LETHS-UFRN), Formação em Psicologia Transpessoal pela Associação Norte Rio-Grandense de Psicologia Transpessoal (ANPPT).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s